Primeiro Dia de Aula do Ano Letivo: Um foco especial na História


O primeiro dia de aula é algo que devemos estar preparados em vários aspectos, é o momento em que ocorre a primeira sintonia professor-aluno, professor-equipe gestora, professor-professor e assim vai, é um dos dias que sempre marcam nas relações que ali vão se construir no ano letivo. O início sempre é marcado por expectativa, medo, e muitos rótulos "cuidado, essa sala é ruim de se trabalhar", "o aluno X é muito mal educado: vai lhe dar trabalho".

Para um professor que entre em sua sala de aula quando um ano se inicia, deixe se testar pelos seus alunos, são crianças/jovens com olhares curiosos, com questões múltiplas, com divergências, diversidades, realidades das mais complexas possíveis. São seres assim como você que apresenta conflitos, alguns até pensam que vão só para se alimentar com a merenda, outros pensam que vão para sair um pouco de casa, já que no bairro só tem a escola. Podemos usar todo este cenário a nosso favor, sempre abusando de nossa criatividade, cada um de nós professores temos nossa forma de ensinar, das mais variadas metodologias.

Compreendo perfeitamente do sentimento de desesperança, de desvalorização que no cenário de nosso país essa profissão tanto sofre. Muitos são movidos a trabalhar turnos triplos, as vezes tem dificuldade de ver a família e seu olhar fica fixado no cansaço, e até a musiquinha do Fantástico no Domingo se torna uma tormenta com o passar do ano. Essa realidade existe pela forma como lidamos com ela, como a projetamos e realizamos. Convido você a observar com mais cuidado, a sua forma, sem eu aqui passar uma receita, afinal o que serve para mim pode não servir para você. Ensinar para mim é uma paixão, é um essencial em meu dia a dia, me sinto livre, completa, observo em minha área de História uma perfeitamente comunicação com meus alunos, transmitindo minha paixão para eles, sempre deu certo. Por isso o primeiro dia de aula é essencial para se começar diferente, tente recriar-se sempre, abaixo ofereço uma abertura de como abrir seu ano e alguns links que trazem as mais variadas ideias, vamos lá?

  1. O Site Ensinar História, de Profa. Joelza Ester Domingues, apresenta 11 dinâmicas divertidas, que você pode encontrar CLICANDO AQUI

  2. O Site Café História, traz um pouco do Histórico e fala dessa dinamização bem legal, conheça AQUI

Mas Ludmila, como você prepara sua primeira aula? Tenho apenas um quadro e um canetão, ou giz e lousa? Sabe, os recursos são difícieis, o posso fazer sem tirar muito do meu tempo?

Eu leciono em diferentes anos do Ensino Fundamental História, por isso nem sempre como eu abro o ano no 6º Ano ou faço no 9º Ano. Porém eu utilizo a ferramente de uma aula interativa sem muitos recursos, as vezes uma Bolinha de Baseball, giz ou canetão e o quadro. Meu rosto sempre esta firme com olhar passando por todos os alunos, mantenho em meu controle qualquer movimentação, já que em algumas escolas novas os alunos costumam testar o professor, afinal estamos em uma geração de críticos e "donos da verdade" rs, basta se manter firme. Ao entrar, me fixo no fundo da sala, em casa de ser uma sala dispersa, me mantenho em silêncio, isso faz com todos olhem para mim, é inevitável isto, afinal, nós seres humanos somos movidos pela curiosidade e pelo contexto diferente daquilo que estou acostumado: O que a professora faz parada no fundo da sala?

Ao ter os olhares fixados em mim, logo retiro de meu bolso a bolinha de baseball, sim eles ficam fascinados por um objeto que não pertence sua realidade, me encaminho para frente e me apresento, sem muitas delongas. A Bolinha se mantém na mesa, com minha caneta ou giz coloco a palavra História no centro do quadro e com a bolinha jogo para algum aluno que deverá me responder algo que a palavra lhe traz a memória e depois entre eles vão se selecionando, tudo que falam anoto no quadro, mesmo que alguns absurdos apareçam. No final terei um diagnóstico da sala e dou meu parecer para eles. O desenrolar da aula vai depender deste diagnóstico e assim as próximas aulas passam a ser previstas, dentro do planejamento anual em equilíbrio com o resultado.

Costumo apresentar para eles minha forma de trabalhar: Aula Inversa- Aula Diagnóstica/Expositiva Dialogada - Aula Multimídia - Aula Prática e dentre outros pontos que gosto, explico com calma.